sábado, 27 de dezembro de 2008

Agente de saúde diz que prefeito desrespeita lei federal de efetivação



A agente comunitária de saúde de Passagem Franca, Maria Viviane Alves, de passagem por São Luís, nesta semana, esteve na redação do Jornal Pequeno e informou que o prefeito do município, Antônio Reinaldo de Sousa, não cumpre a Lei Federal que obriga a Prefeitura a efetivar os agentes de saúde, e também que ele não repassa os 40% de aumento que o governo federal manda aos prefeitos para complementar o salário dos agentes efetivados.
efetivou os agentes comunitários de saúde. “O prefeito queria era acabar com o seletivo de agente de saúde no município. Chegou até a dizer que não ia nos efetivar. Mas reivindicamos nosso direito na Vara do Trabalho em São João dos Patos e ganhamos, mas até hoje não nos efetivou”, denunciou.

Quanto ao repasse dos 40% aos agentes efetivados, determinado por portaria, Viviane garantiu que Antônio Reinaldo ‘embolsou’ esse dinheiro durante seu primeiro mandato. “Além de fazer um desconto no nosso salário desde 2001, pois estamos ganhando um salário mínimo, sendo que deveríamos ganhar R$ 532, o prefeito afirmou que vem repassando os 40% do governo federal para o INSS, mas não é verdade. Descobrimos que no período de 2001 a 2003, primeiro mandato dele na prefeitura, nunca repassou esse percentual ao INSS. Só repassou de 2004 em diante”.

Para completar, ela disse que o salário é descontado em folha e entregue aos agentes pela primeira dama do município. “Há menos de três meses, ganhávamos de acordo com a vontade do prefeito. Tenho uma tabela que mostra essa variação. Tinha mês que era R$ 377, no outro já era R$ 347, e assim por diante. Há três meses estamos ganhando um salário mínimo, sendo que deveríamos receber R$ 532 por mês”, afirmou Viviane, munida de documentos e provas.
Foto:Júnior Foicinha
Fonte: Jornal Pequeno

quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

Uma crônica real e verdadeira.


Por João Bentivi.
Uma certeza tem se consolidado em mim, após o fenômeno eleitoral Obama: o mundo foi ingrato com o nosso glorioso Lula. Sim, minha gente, o sucesso de Obama não chega nem aos pés antigamente calejados do herói pernambucano.

Obama, um multirracial, etnicamente tem proteção de Deus, Jeová e Alá. O ginete pernambucano tem somente Deus. Caso queira um consórcio protetor, haverá de se contentar com padim Padre Cícero e, quem sabe, frei Damião!

Fisicamente, a distância é maior. O Obama, porte atlético, lambiscando alturas de dois metros, é expert em basquete. O nosso Lula, até os seus dezoito anos, conheceu, como modalidade esportiva, o futebol, com bola de meia ou de bexiga e sua única especialidade era o velho aquecimento em levantamento de copo. Com o físico brevilíneo-atarracado, só se daria bem, alguns quilos a mais, talvez, com o sumô que, convenhamos, é impossível para quem nasceu em Garanhuns.

No padrão lingüístico pessoal e familiar, bote diferença. O pai de Obama, creio, tem língua árabe no nascedouro, estava na América falando inglês e conheceu a mãe de Obama em uma aula de russo. Imaginemos que a genealogia materna provenha de uma linhagem judaico-americana. Síntese lingüística polimorfa e para lá de interessante.

A desvantagem do Lula é abissal. Conheceu o português, com sotaque caipira, em Pernambuco e evoluiu com o português das portas de fábrica do ABC. O medo de todos nós é que, com tantas viagens internacionais, o presidente possa esquecer o pouco que aprendeu e terminar, ingloriamente, como aquele moreno da seleção brasileira, chamado Anderson, que agora, com dificuldades generalizadas nos neurônios, não sabe falar nem português e nem inglês.

Em escolaridade nem dá para comparar. O Obama está em uma minoria para lá de qualificada. Aluno de Harvard. Dez em cada dez amigos meus, com vaidades acadêmicas, gostariam de participar desse seleto grupo, apesar de nele se encontrarem pessoas desqualificadas como o Bush pai e, principalmente, do Bush filho.

O velho Lula não precisou enfrentar esses problemas de Harvard, tanto que ninguém dá bolas, em se tratando de Lula, para esse quesito biográfico, tão importante para os mortais comuns. Quando assumiu a presidência, até gozou os doutores e pHdês, como FHC. Não houve contestação!

Por esses discretos exemplos, pergunto: quem teve vitória mais avassaladora, Obama ou Lula? Nem dá para comparar: Lula! Essa diferença faz a diferença. O mundo em que o presidente Lula transita é tão especial, que as mentes comuns não podem e nunca poderão avaliar.

Por isso, Lula é o único presidente do mundo que não tem compromisso nem com a lógica e nem com a verdade. Tudo lhe é possível e tudo lhe é aceitável. Mesmo o inacreditável!

O Lula pode afirmar algo pela manhã, negar à tarde e reafirmar à noite. Em todas as afirmações pode rasgar a gramática, estuprar a concordância e enlouquecer o Aurélio. No máximo, será engraçado!

Jesus dizia que falava em parábolas por causa da dureza dos corações. As parábolas lulianas, em regra eivadas de Coríntians e futebol, são a prova da grandeza de nossa paciência e a tolerância pouco inocente de nossa imprensa. Mesmo sem graça, ainda provocam hilarismo!

Por fim, o quesito ética. Nunca, na História Brasileira, um presidente se acompanhou de tantas pessoas de qualidade ética, moral e penal tão duvidosa, quanto o Lula. Os escândalos e suspeitas vão dos laços sanguíneos até as amizades mais evidentes de copa e cozinha. Os crimes supostamente cometidos vão das contravenções aos homicídios, com robusta passagem no capítulo das corrupções. Lula nunca ouviu nada, nunca viu nada e nunca soube de nada.

O Ministério Público, o Judiciário, os tribunais, os parlamentos, todos acreditaram que Lula nunca ouviu nada, nunca viu nada e nunca soube de nada.

Os representantes espirituais dos homens (Deus está fora dessa turma, creio), aqui na terra, padres pastores, pais-de-santo e similares também acreditaram que Lula nunca ouviu nada, nunca viu nada e nunca soube de nada.

Os movimentos avançados de esquerda, as ONGs picaretas, as Organizações Sociais de fachada, presas às tetas do dinheiro público, também acreditaram, com razões próprias, que Lula nunca ouviu nada, nunca viu nada e nunca soube de nada.

Somente uns quatro ou cinco brasileiros, descolados da realidade e da vida, eu incluso, não acreditamos que Lula não ouviu nada, não viu nada e nunca soube de nada.

Nesse diapasão, é fácil se reconhecer as diferenças entre as duas maiores democracias das Américas. E para se saber qual a maior diferença, bastaria que Obama tivesse um único desses amigos de Lula, da turma do trambique e delito. Obama teria o mesmo destino de Nixon: impeachment!

No Brasil, para deixar claro que somos diferentes, Lula pode voltar, em 2014. Creio que voltará, pelo voto do povo e será a eterna alegria de todas as bolsas: família, pão, leite, motel e etc. Para ser completa a felicidade de todos nós, não ouvirá nada, não verá nada e não saberá de nada!

Fonte: Portal GI

segunda-feira, 1 de dezembro de 2008

Passagem Franca recebe caravana de Direitos Humanos


A região do Cerrado Sul recebeu, ontem, dia 14, a segunda fase da Caravana de Fortalecimento do Controle Social na Defesa dos Direitos Humanos no Maranhão. O retorno do projeto passará pelas cidades de Pastos Bons e Passagem Franca em uma ação desenvolvida pela Secretaria de Estado dos Direitos Humanos e demais órgãos públicos.

A atividade consiste em uma reunião com os segmentos das prefeituras de cada município, Câmara de Vereadores, Ministério Público, Poder Judiciário e segmentos da sociedade civil para articular a construção da rede de servidores amigos dos direitos humanos e discutir a proposta de implantação do Programa Municipal de Direitos Humanos (PMDH).

O PMDH tem como principal objetivo tornar-se parte constitutiva do Sistema Nacional de Direitos Humanos, orientar todas as ações públicas de dos poderes no Município, assim como da sociedade local e reafirmar a responsabilidade do Estado Brasileiro com a proteção dos direitos humanos definidos nas constituições nacional, estaduais, leis orgânicas e em tratados internacionais.

A cidade de Barreirinhas foi a primeira a ser contemplada pelo retorno das Caravanas de Fortalecimento do Controle Social na Defesa dos Direitos Humanos no Maranhão. O próximo município a recebê-la será Pedreiras. A primeira fase da ação começou com a sensibilização da população, poderes Executivo, Legislativo e Judiciário, através de oficinas realizadas em diversos pontos do Estado.

sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Talvane Lukatto

video

O radialista e pesquisador do rádio brasileiro Talvane Lukatto, tem 33 anos, é casado e tem três filhas. Talvane sempre demonstrou interesse pela comunicação, prova disto é o fantástico acervo sobre a história do rádio brasileiro que conseguiu reunir ao longo do tempo.

Como ele mesmo diz, começou sua paixão pelo rádio aos 11 anos de idade, contrariando a opinião de sua família. Talvane sempre empregou seus próprios recursos na aquisição do acervo que hoje conta com 64 receptores antigos de rádios, 15 mil fitas cassetes com programas de várias partes do Brasil, 50 mil discos de vinil, 2 mil adesivos de rádios de vários países, entre outros.



O trabalho de Talvane Lukatto já foi divulgado em nível nacional, local e internacional.



RÁDIOS:

Rádio BBC de Londres, Rádio Internacional da China, Jovem Pan (São Paulo), Aparecida AM (Aparecida do Norte - SP), Rio Mar (Manaus), Excelsior (Salvador), Rural (Petrolina), Nacional (Rio de Janeiro e Brasília), Meio Norte (Teresina), Marajoara (Belém), AM do Povo (Fortaleza), Canção Nova (Cachoeira Paulista - SP), Bandeirantes (São Paulo), Clube (Fortaleza), Super Piratininga (São José dos Campos - SP).



JORNAIS:

Folha de São Paulo, Revista Zine (Jornal do Brasil), Revista Aerp (Curitiba), O Estado do Maranhão (São Luis), Jornal Pequeno São Luis), Jornal O Imparcial (São Luis), Revista Pro News (Recife), O Debate (São Luis), Folha do Maranhão (São Luis), Atos e Fatos (São Luis).



TVS:

TV Mirante (Afiliada Rede Globo - São Luis), TV Difusora (Afiliada SBT - São Luis), TVE (Rio de Janeiro e São Luis), Globo News (Programa via Brasil) e canal 20 (TV a cabo – São Luis).



SISTEMA GLOBO DE RÁDIO:

Desde o dia 27 de abril de 2008, o pesquisador Talvane Lukatto está participando como convidado especial do quadro “Viva o Rádio” do programa quintal da Globo apresentado pelo jornalista Marcus Aurélio pela rádio globo de São Paulo pra toda a rede do Sistema Globo de Rádio.



EXPOSIÇÃO DE RÁDIOS ANTIGOS:

O pesquisador Talvane Lukatto já realizou em São Luis três exposições de rádios antigos, tendo como temática o passado, o presente e o futuro do rádio brasileiro. Fazendo um passeio por várias épocas, cada uma representada por um receptor de rádio diferente.

sexta-feira, 14 de novembro de 2008

Mais uma "curtinha" da Fortuna

Nas últimas eleições, a vencedora foi Francisca Alves dos Reis nº12 do PDT.
Francisca obtêve 4.285 votos, 50,88%. O seu opositor foi Raimundo Coelho de Souza nº31 do PHS 4.136 votos, 49,12% vitória apertada.
Os candidatos a vereador eleitos foram:
VITORINO ANTUNES DE OLIVEIRA 15.123 PMDB 702 8,13%
LUIS FERNANDES LEITE 13.222 PT 669 7,75%
WASHINGTON LUIS DE OLIVEIRA SOARES 12.333 PDT 661 7,65%
RAIMUNDA ALICE COELHO DE SOUSA 31.311 PHS 655 7,58%
RICARDA REIS BARBOSA 12.345 PDT 654 7,57%
LINDOMAR BARBOSA DOS SANTOS 31.031 PHS 644 7,46%
JOAQUIM NETO ALVES DA SILVA 45.555 PSDB 620 7,18%
PEDRINA COELHO BRANDÃO AMORIM 11.111 PP 589 6,82%
JOSÉ ALBERTO SOUSA DE NOVAIS 12.000 PDT 512 5,93%

Fonte: Portal IG

Estudante de Fortuna vence seletiva do ‘Soletrando’ no Maranhão


SÃO LUÍS - A estudante Mércia Carine Pereira Vila, de 12 anos, do município de Fortuna, foi a ganhadora da 3ª seletiva no Maranhão do quadro “Soletrando”, do programa Caldeirão do Huck, da TV Globo.

A etapa estadual do projeto aconteceu na tarde de ontem, no Senai, e foi organizado pela TV Mirante, afiliada da Rede Globo no estado. Dos 30 inscritos e selecionados, 26 estiveram presentes. Depois de três horas de competição, Mércia Vila, aluna do Colégio Municipal Deputado Edison Lobão, em Fortuna, venceu a última rodada de palavras, iniciada por ela, quando o seu adversário, Cassiano Perez, de Imperatriz, errou uma soletração.

“Estou muito feliz em ganhar essa seletiva. Foi difícil, mas tinha estudado bastante. Agora, vou estudar ainda mais para participar da etapa nacional no Rio de Janeiro”, afirmou Mércia que é filha de Ariolino e Ângela Vila.

Pela primeira vez, ela sairá do Maranhão com o objetivo de vencer o concurso versão 2009. O vencedor da etapa nacional ganhará uma bolsa de estudos no valor de R$ 100 mil.

Até o resultado final da seletiva, foram feitas mais de 10 rodadas de palavras soletradas pelos estudantes. Na primeira, foram eliminadas oito pessoas; na segunda, três; e na terceira quatro. A partir da quarta rodada, a competição ficou mais acirrada, saindo apenas um ou dois estudantes.

“A gente chega aqui e fica nervoso, mas valeu a pena. Me considero vencedor de ter participado”, declarou Eduardo Lima Sá, o primeiro aluno a ser eliminado da seletiva, do município de Açailândia.

Ao contrário dos últimos dois anos, neste a seletiva contou apenas com dois representantes de São Luís: uma estudante do Centro de Ensino Governador Edison Lobão e um da Unidade de Ensino Básico Sá Vale. Entre os municípios representados no “Soletrando” do Maranhão estavam ainda Codó, Cururupu, Governador Edison Lobão, Graça Aranha, Imperatriz – que teve recorde de participação, com seis estudantes –, Parnarama, Santa Inês, Trizidela do Vale, Vila Nova dos Martírios e Vitorino Freire.

A banca responsável pela seletiva foi composta por Viviane de Paula, funcionária da TV Mirante e graduada em Letras, pelo professor Paulo de Tarso Morais, consultor e professor de Português do Sistema Mirante, e Luciana Leão, integrante da Gerência de Educação Básica do Sesi.

Fonte: O Estado

segunda-feira, 10 de novembro de 2008

TSE nega o indeferimento de registro do prefeito eleito de Passagem Franca

Brasília - Em decisão individual, o ministro Marcelo Ribeiro, do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), negou recurso do Partido Socialista Brasileiro (PSB) de Passagem Franca, que pretendia indeferir o registro da candidatura de José Antônio Rodrigues da Silva, o Gordinho (PTB), eleito para o cargo de prefeito da cidade.

O Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE) manteve a decisão de primeira instância que deferiu o registro. O PSB acusou o candidato de não ter se desincompatibilizado das funções de diretor de Receitas da prefeitura de Passagem Franca. Para o partido, o candidato não teria respeitado a regra segundo a qual deveria deixar o cargo até quatro meses antes das eleições.

O Tribunal Regional entendeu que o candidato conseguiu comprovar o seu afastamento do cargo, não havendo causa para a sua inelegibilidade. O ministro Marcelo Ribeiro rebateu o argumento do PSB de que o candidato teria utilizado, em três dias dentro de um mês, o telefone da repartição de onde fora exonerado.

Ressaltou que a simples utilização de ligações telefônicas em três oportunidades “não tem, de modo algum, o condão de caracterizar ato administrativo de competência do diretor de Receitas de um município, de modo que qualquer entendimento contrário seria pautado em mera presunção, fundamento que em nenhuma hipótese poderá ser aplicado ao presente caso”. Assim, o ministro Marcelo Ribeiro entendeu que a decisão do Tribunal Regional não deve ser modificada.
Fonte: Jornal Pequeno